• Português
consumo de água no campo

Conheça as melhores dicas para reduzir o consumo de água no campo e obter o máximo de lucratividade na sua lavoura

Manter a produtividade e ao mesmo tempo reduzir o consumo de água no campo é um dos desafios dos agricultores, que visam implementar as melhores práticas para aumentar a lucratividade.

Nesse sentido, de acordo com a Agência Nacional de Águas (ANA), em 2019, a agricultura irrigada foi a responsável por 52% do consumo de água de todo o Brasil.

Seguindo assim, caso nenhuma prática seja adotada para reduzir o consumo de água no campo, a tendência é que esse número suba consideravelmente até 2030.

Diante deste cenário, preparamos esse conteúdo com as melhores práticas para o consumo de água consciente na agricultura, que beneficiam produtores, consumidores e meio ambiente. Confira!

Leia também: Agronegócio: saiba o que é safra e o que é safrinha

Conheça 5 dicas para reduzir o consumo de água no campo

Água da chuva

O primeiro passo para reduzir o consumo de água no campo é implementar a cisterna, depósito ou reservatório que capta, armazena e conserva a água, que pode ser potável, da chuva ou de reúso.

Esse sistema, que também ajuda regiões a enfrentar a seca, consegue armazenar a água da chuva para utilizar o ano inteiro.

Por isso, essa é uma das principais opções para reduzir o consumo de água no campo.

Gotejamento

Uma modificação importante sobre irrigação na agricultura é substituir o modelo de fluxo constante pelo de gotejamento.

Desta maneira, é possível economizar até 50% da água e obter o mesmo resultado.

Irrigação responsável

Por falar em gotejamento, a partir do avanço da tecnologia, os agricultores também podem investir em sistemas de irrigação que promovam a economia de água.

Além disso, também é preciso realizar a manutenção constante do sistema para evitar possíveis vazamentos.

Erosão

Evitar a erosão é outra dica importante para reduzir o consumo de água no campo, já que, com esse problema no solo, as espécies não conseguem aproveitar a irrigação da melhor maneira, o que provoca o aumento do gasto de água para molhá-las com maior frequência.

Um solo bem tratado é mais produtivo e lucrativo aos agricultores.

Telas

Por fim, existem dias específicos com temperaturas mais altas e até épocas do ano, como o verão, em que é preciso reforçar a irrigação das espécies.

No entanto, para evitar que as plantas precisem de mais água do que o habitual, a utilização de telas em plantações pequenas e médias controla a exposição ao sol e, consequentemente, a entrada de raios ultravioleta.

Desta maneira, a lavoura tem a temperatura equilibrada, bem como menor consumo de água.

Segundo estudo da STM, o uso de telas pode reduzir o consumo de água no campo em até 20%.

Leia também: Conheça qual foi o impacto da tecnologia no agronegócio durante isolamento social

Conte com a Giometti

Além de utilizar as técnicas para reduzir o consumo de água no campo e contribuir com o meio ambiente, também é necessário utilizar ferramentas e produtos de qualidade para manter a boa produtividade da sua lavoura.

Para isso, a Giometti, com mais de 120 anos de tradição e apoio à agricultura, oferece os melhores produtos para o seu negócio, desde peneiras agrícolas até telas e alambrados.

Fale com os nossos profissionais e saiba como a Giometti pode ser a parceira ideal para garantir alta qualidade nos produtos e equipamentos para sua lavoura!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp chat