• Português

Existem aspectos que contribuem para o sucesso da sucessão familiar dentro de uma empresa, porém também há obstáculos que precisam ser resolvidos possibilitando que a transição tanto de gestão quanto de bens seja bem-sucedida.

De acordo com professor do curso de PME do Proced/FIA (Fundação Instituto de Administração), Armando Lorenzo, os quatro principais obstáculos são:

  1. Entender a importância da descentralização dos fundadores dando mais “poder” e responsabilidades aos sucessores;
  2. Preparação dos sucessores;
  3. Evitar, ao máximo os conflitos familiares; e
  4. Implementação de um sistema de governança corporativa, sem retirar os aspectos de ordem emocional e pessoal.

Ao serem vencidos esses obstáculos, a probabilidade de uma sucessão familiar mais tranquila e benéfica para a agroindústria é muito maior.

Ainda segundo o professor, “Uma sucessão que ocorreu sem problemas é algo raro”, e não há uma receita de bolo para que dê certo, é preciso parceria dentro dos membros da família e humildade.

Para Lorenzo, o desafio é tão grande que cerca de apenas 33% das empresas familiares terão sucesso na transferência de gestão da primeira para a segunda geração, uma dica muito valiosa é iniciar esse processo ainda em vida para aumentar as chances de sucesso.

Estudos indicam que esse número pode aumentar para 62% caso haja planejamento e execução do plano sucessório de qualidade e efetivo.

Ao programar a sucessão em vida, não se deve pensar que o dono da empresa irá falecer em breve, mas sim que o negócio irá se manter por anos e anos e precisa de um tempo de adaptação de uma gestão para outra.

“Mas notemos que 62% é um número maior que os 33%, mas ainda restarão 38% dos casos com possibilidade de insucesso e geralmente causados em razão de problemas pessoais e emocionais”. Finaliza o professor.

Dessa forma a principal dica é que o dono e o sucessor estejam alinhados e em harmonia, respeitando os perfis e características do outro, para assim garantir o sucesso da transição do negócio, além de claro, preparação profissional, psicológica e emocional.

Fonte: Agrishow 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp chat