• Português
minérios

Saiba o que é o tratamento de minérios e sua importância para que o setor continue em atividade, mesmo após anos de extração contínua

O tratamento de minérios é fundamental para a continuidade do setor, já que existem registros de que os egípcios recuperavam ouro de depósitos aluvionares, desde 400 anos antes de Cristo.

Nesse sentido, vale destacar que o Brasil detém aproximadamente 28,9 bilhões de toneladas de minério e, segundo dados do Ibram e divulgados pela Agência Brasil, a mineração no país faturou R$ 153,4 bilhões em 2019.

No entanto, para que a produção não sofra baixas consideráveis por falta de insumos, o tratamento de minérios é essencial, já que essa prática consiste no tratamento de rochas, por exemplo, para obtenção de minerais.

Diante deste contexto, preparamos esse conteúdo sobre a importância do tratamento de minérios. Continue a leitura!

Leia também: 5 práticas para reduzir o consumo de água no campo

Saiba como funciona o tratamento de minérios

O tratamento de minérios é o desenvolvimento de operações em bens minerais para modificar a granulometria, concentração relativa das espécies minerais sem modificar a identidade química ou física dos minerais.

No entanto, existem especialistas que defendem o conceito de que o tratamento de minérios pode envolver alterações químicas, desde que sejam resultantes de simples decomposição térmica ou de reações típicas provocadas pela presença do calor.

Esse tratamento é realizado a partir de operações, como: cominuição, peneiramento, classificação e concentração. Conheça as características de cada uma a seguir!

Cominuição

Também conhecida como fragmentação, a cominuição é a redução do tamanho das partículas para uma maior efetividade dos processos seguintes ou apenas a diminuição da granulometria da rocha a uma faixa de interesse.

Para isso, os equipamentos geralmente utilizados são britadores de mandíbula, giratório, martelo e moinhos cilíndricos com o uso de bolas como corpo moedor.

Nesta etapa, existe um grande desgaste do próprio equipamento e até dos corpos moedores, além do gasto de energético.

Peneiramento

Já o peneiramento é a separação em duas frações de rocha, o que passa pela peneira, chamado de undersize, e o retido que tem o nome de oversize.

Vale destacar que o peneiramento é indicado quando as partículas estão em uma faixa mais grosseira, mesmo com menor eficácia nas partículas mais finas, o que provoca a necessidade de se adotar métodos de classificação.

Classificação

Diferentemente do peneiramento, que utiliza o tamanho físico das partículas para separar os grãos, a classificação tem como princípio básico a velocidade que uma partícula atravessa um fluido e, assim, é mais utilizada em partículas bem finas, em que o peneiramento não tem muita efetividade.

Concentração mineral

Por fim, a concentração mineral é complementar às operações anteriores e consiste em processos físicos ou químicos na rocha já fragmentada e com a granulometria ideal, para obter maior concentração relativa do mineral de interesse.

Esta operação é realizada por meio de alguma propriedade diferenciadora, que pode ser natural ou induzida.

Por conta dessas características, são utilizados equipamentos e técnicas já existentes no mercado para separar os minerais de interesse dos materiais sem interesse.

Saiba mais: Entenda como a transformação digital apoia o agronegócio

Mas, então, qual é a importância do tratamento de minérios?

Todos esses processos do tratamento de minérios são essenciais para separar o mineral de interesse econômico (mineral-minério) do mineral sem valor agregado (ganga).

Desta maneira, o setor pode fornecer matéria-prima com maior qualidade ao cliente, que a utiliza para fabricação de bens de consumo, como fertilizantes e medicamentos, por exemplo.

Por isso, a partir da escassez de diversos elementos químicos, o tratamento de minérios facilita o aproveitamento dos recursos, possibilita o abastecimento, além das pesquisas em torno desses bens.

Você pode se interessar por: Irrigação agrícola: saiba quais são os erros mais comuns

Conheça a Giometti

Para que o tratamento de minérios tenha a efetividade esperada e entregue matéria-prima de qualidade, é preciso contar com os melhores produtos e equipamentos.

Nesse sentido, a Giometti tem mais de 120 anos de tradição no Brasil, com diversos produtos de extrema eficiência e, principalmente, qualidade.

Produzida com madeira de pinho de reflorestamento de alta qualidade, tratadas, fumigadas e de origem certificada pelo IBAMA, nossas peneiras contam com tramas adequadas para cada uso, assim como materiais de qualidade e surpreendente acabamento que permite manuseio por muito mais tempo sem causar desgaste físico ao operador.

Entre em contato com os nossos especialistas e saiba mais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp chat