• Português
armazenar o café colhido

A colheita da nova safra de café lotou os armazéns no Brasil e pode sinalizar que o país possui boa oferta e boa qualidade.

De acordo com a Cooperativa Minasul, o clima colaborou com os trabalhos de campo, lotando os armazéns, mas problema deve ser resolvido em até 30 dias

Os armazéns brasileiros estão lotados por conta da colheita da nova safra de café, de acordo com o presidente da Cooperativa dos Cafeicultores da Zona de Varginha (Minasul), José Marcos Magalhães. A falta de chuvas facilitou o trabalho de colheita do cooperado, que precisou entregar o grão.

Leia também: Governo paulista e entidades debatem políticas para drones na agricultura

O presidente da entidade, José Marcos Magalhães, afirma que a situação é inusitada. “O primeiro fator que levou a isso foi uma florada bastante uniforme em 2019, gerando uma colheita também muito uniforme. Outro item que contribuiu para que houvesse esse estrangulamento e uma ocupação maior do armazém foi a utilização do nosso caminhão. Todo modal rodoviário que é usado para levar o grão até o porto está sendo compartilhado para trazer insumos para as fazendas. Isso gera disputa de caminhões. O último ponto é que o Brasil está exportando muito mais commodities que importando e gerando mais saída de contêineres do que retorno”, analisa.

Magalhães considera que alguns desses pontos devem ser resolvidos nos próximos 30 dias e que o problema é “bom”, pois demonstra que o país tem uma boa quantidade de oferta e com boa qualidade, na avaliação dele.

 

Fonte: Canal Rural

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp chat