• Português
plantação de arroz

Confira todos os passos necessários para a plantação de arroz, desde a escolha do terreno até a rotação e colheita da planta.

A plantação de arroz é um negócio lucrativo e que tem boa representatividade no agronegócio brasileiro, já que, junto do feijão, compõe a base da alimentação nacional.

Nesse sentido, a safra de arroz de 2018/19 ocupou uma área de 1,69 milhões de hectares, produzindo cerca de 10,44 milhões de toneladas de alimento, como apontado pela Aegro.

E neste ano, a previsão é de 10,6 milhões de toneladas produzidas para a safra 2019/20. Essa produção de arroz equivale a um aumento de 1,6% em relação à safra anterior, mesmo com a redução de 0,6% de área cultivada.

Mas como iniciar na plantação de arroz? como fazer o preparo do solo e a colheita, como funciona? Acompanhe a leitura e saiba mais!

Saiba mais: Conheça os principais benefícios de uma peneira agrícola de qualidade

Conheça as principais dicas sobre plantação de arroz

Terreno para cultivo

O primeiro passo para iniciar uma plantação de arroz é saber identificar um solo rico em nutrientes essenciais e de preferência que seja plano.

Vale destacar que terrenos desnivelados não impedem o plantio, mas dificultam a colheita, o que, na ponta do lápis, demanda maior tempo e, consequentemente, diminui a eficiência e lucratividade do produtor.

Características do arroz

Em seguida, é importante conhecer as características do arroz, que é uma planta que pertence à família das gramíneas e tem papel fundamental na economia nacional.

Além disso, é importante saber que é uma planta hidrófila, ou seja, precisa de água abundante e necessita ter lagos, rios ou outras fontes de água ao redor do terreno.

O arroz pode ser encontrado em grãos brancos, amarelos e pretos.

Variedade de espécies

Por falar em variedade, existem mais de 100 variedades de espécies de arroz e cada uma tem sua característica de plantio e colheita.

Por isso, é importante pensar em tudo, solo, características e variedade de espécies antes de começar a plantação de arroz para que o processo seja assertivo e lucrativo para o produtor rural.

Como exemplo, existem espécies que têm o ciclo mais longo e precisam que a granação aconteça na época em que se tem mais chuva para o fortalecimento da planta.

Já as espécies de ciclo curto, a recomendação é que as plantas recebam as chuvas de verão antecipadas.

Processo de desinfecção das sementes

O próximo passo sobre a plantação de arroz diz respeito à desinfecção das sementes, já que o arroz, assim como outros alimentos, também é passível de pragas.

Para isso, é preciso tomar medidas preventivas a partir da utilização de fungicidas existentes em comércios agrícolas.

É importante destacar que o processo de desinfecção das sementes garante a saúde da planta no momento da semeadura, realizada até 30 dias após o início do crescimento. Esse período é crítico para o plantio se desenvolver da maneira esperada.

Semeadura do arroz

A próxima etapa é a semeadura do arroz, em que é possível ser realizada de maneira manual ou mecânica para produtores que precisam de produção em larga escala.

Neste ponto, as escavações dos buracos para inserção das sementes no terreno devem ter, no mínimo, 5 centímetros de profundidade. Desta maneira, a raiz da planta tem o contato ideal com os nutrientes do solo e irá se desenvolver com mais saúde e qualidade.

Irrigação

A irrigação é um processo fundamental para uma boa plantação de arroz, já que como apontado anteriormente, é uma planta que precisa de água em abundância.

Por isso, além da da água da chuva, é preciso estruturar a irrigação para suprir a necessidade do plantio e até aumentar a produção de arroz. Porém, é importante ter cuidado para não encharcar o solo, já que pode causar efeitos negativos.

Rotação de cultura

Por fim, também é necessário destacar que a plantação de arroz consome grande quantidade dos nutrientes do solo, o que pode provocar queda da fertilidade do terreno.

Desse modo, é recomendado que o mesmo solo não seja utilizado para o cultivo de arroz por mais que dois anos consecutivos.

Assim, é preciso aguardar pelo menos um ano para uma nova plantação.

Leia também: Peneira agrícola: por que optar por produtos e técnicas sustentáveis no campo

Conte com a Giometti

Como visto, existe uma série de passos para que a plantação de arroz seja realizada da maneira adequada e que gere os resultados esperados pelos produtores.

No entanto, também é preciso contar com produtos de qualidade como a peneira de arroz, por exemplo.

Nesse caso, a Giometti tem mais de 120 anos de tradição no agronegócio no Brasil, sempre oferecendo produtos de extrema eficiência e, principalmente, qualidade.

Produzida com madeira de pinho de reflorestamento de alta qualidade, tratadas, fumigadas e de origem certificada pelo IBAMA, nossa peneira de arroz Malha 10, Fio 26, Aro 55 conta com tramas adequadas para cada uso, assim como materiais de qualidade e surpreendente acabamento que permite manuseio por muito mais tempo sem causar desgaste físico ao operador.

Conheça outras vantagens da peneira de arroz da Giometti:

  • Maior durabilidade
  • Resultado de 120 anos de tradição
  • Ecologicamente correta – Produzida com madeira de reflorestamento certificada pelo IBAMA
  • Qualidade controlada em cada passo do processo de fabricação
  • Arame BWG com dupla galvanização
  • Aro e malha de arame disponíveis em diversos tamanhos
  • Possui maior resistência à oxidação e tração
  • Possibilita manuseio por mais tempo

Entre em contato com os nossos especialistas e tenha a melhor peneira de arroz para o seu negócio!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp chat