• Português
Sustentabilidade no agronegócio

Atualmente muito se ouve falar em sustentabilidade, na preservação do meio ambiente, em cuidar de nossos recursos naturais e assim contribuir para a qualidade de vida. Práticas sustentáveis podem ser aplicadas nas mais diversas atividades e segmentos, principalmente no agronegócio.

Por muito tempo as práticas agrícolas no Brasil eram realizadas de maneira irresponsável e irracional, o que refletia negativamente em impactos sofridos pelo meio ambiente. Os principais recursos utilizados para produção de alimentos são renováveis, como água, sementes, solo, entre outros. Isso faz com que a agricultura sustentável seja uma atividade totalmente possível.

A sustentabilidade na agricultura

Levando em consideração todos os impactos ambientais causados por uma demanda cada vez maior por terras cultiváveis no Brasil e ao redor do mundo, começamos a perceber a necessidade de criar mecanismos que envolvam uma cultura de sustentabilidade na agricultura moderna, além de boas práticas agrícolas, de forma a atender os altos níveis de produção sem causar mais devastação ambiental e desequilíbrio ecológico nas áreas agrícolas.

Mas o que é agricultura sustentável?

Uma definição de agricultura sustentável esclarece que “é aquela que respeita o meio ambiente, é justa do ponto de vista social e consegue ser economicamente viável. A agricultura, para ser considerada sustentável deve garantir às gerações futuras a capacidade de suprir as necessidades de produção e qualidade de vida no planeta”.

Portanto, praticar a sustentabilidade no agronegócio é aumentar a produção de alimentos e melhorar a segurança alimentar, garantindo o suprimento das necessidades de nossa geração e das gerações futuras, adotando práticas responsáveis e que respeitam o meio ambiente. Hoje, a agricultura ocupa 32% das terras brasileiras, o que nos leva a pensar que, relacionar a produção agrícola com a responsabilidade ambiental é realmente relevante.

Como praticar a agricultura sustentável?

Existem ações importantes que podem ser tomadas para desenvolver a cultura de sustentabilidade no agronegócio. Confira algumas delas:

– Redução do uso de adubos químicos;

– Uso de técnicas que evitam a poluição do ar, do solo e da água;

– Uso de sistemas de captação de água das chuvas para uso na irrigação;

– Eliminação de pesticidas (quando possível) ou uso racional quando necessário, não usar em hipótese alguma, pesticidas ilegais, pois contaminam o solo e colocam a saúde de consumidores e manipuladores em risco;

– Respeito às leis trabalhistas dos trabalhadores em campo;

– Uso de fontes de energia limpa (biodiesel, biogás, etanol, biomassa, etc.);

– Não desmatar florestas para ampliação de áreas agrícolas;

– Evitar o desperdício, utilizando técnicas de reciclagem quando possível.

Práticas sustentáveis na agricultura favorecem a natureza e o seu bolso

Com a adoção de práticas sustentáveis, os produtores são capazes de manter a proteção natural proveniente da biodiversidade nas áreas cultiváveis e assim, impedir o constate ataque de pragas. Isso faz com que seja reduzido o uso de pesticidas, melhorando a conservação dos recursos naturais e da produtividade dessas áreas, o que, ocasionalmente, reduz drasticamente os impactos gerados pela produção em larga escala e otimizam produção aumentando o lucro do produtor.

Tudo isso gerando o mínimo possível de impacto ambiental. Além disso, a redução de desperdícios também auxilia com redução de custos para o produtor. Ou seja, praticar a sustentabilidade pode ajudar com melhores resultados no negócio enquanto garante uma melhor qualidade de vida no planeta no presente e para as futuras gerações.

 

Fonte: http://agrownegocios.com.br/blog/produtores-rurais/sustentabilidade-no-agronegocio-entenda-a-importancia-do-negocio-sustentavel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp chat